Seja um (des)conectado!

blog 12.jpg

Seja um (des)conectado!

Nos orgulhamos em ser a “geração multitarefa”, a geração rapidez e eficiência. Aquela que faz várias coisas ao mesmo tempo e que está sempre com seu ritmo de vida muito acelerado. Com toda essa rapidez as coisas se tornaram muito superficiais e descartáveis em nossas vidas, principalmente quando nos referimos aos nossos relacionamentos.

Toda árvore tem o tempo certo de crescer e frutificar. Uma criança sendo gerada no ventre tem o tempo certo de nascer. Tudo no mundo natural segue um ritmo, uma ordem. Até o próprio Deus na criação do mundo, fez cada coisa no seu devido dia, e ainda descansou. E nós seres humanos queremos atropelar o tempo das coisas acontecerem, tanto em nossa vida prática, quanto em nossa visa com Deus.

Fazemos muitas coisas ao mesmo tempo, mas isso não significa que as façamos bem. É comprovado que quanto mais dividimos nossa atenção, pior ela fica. Até o descanso não vemos mais como tão necessário… Mas como não? Deus poderia ter criado todas as coisas em apenas um dia? Nós sabemos que sim, pois é grande em poder. Ele precisava descansar? Sabemos que não, e essa expressão, na realidade, não significa que Deus estava cansado, mas que havia findado a Sua criação. Porém, Ele fez dessa forma para nos ensinar que há um tempo e uma ordem de prioridade para todas as coisas.

E nós queremos fazer tudo ao mesmo tempo… Queremos estar conectados com Deus, mas também com o mundo; queremos ouvir a voz de Deus, sem antes silenciar o barulho do mundo. Achamos que nossa vida é muito corrida, que não dá tempo ficar a sós com Deus. Que não dá tempo de entrar no quarto, fechar a porta e orar em secreto ao Pai (Como está escrito em Mateus 6:6). E vamos deixando o lugar secreto sempre para segundo plano.

Você conhece um homem mais procurado, mais requisitado para curar os enfermos, expulsar demônios e libertar os oprimidos como foi Jesus? Mas, ele sempre encontrava tempo para estar a sós o Pai em oração. E nesses momentos Ele sempre se retirava das multidões e até dos seus discípulos para estar nesses instantes de intimidade com Deus. Se Jesus precisava desses momentos, imagina nós!

Não há como ter uma conexão com o mundo e com Deus ao mesmo tempo, vivemos nesse mundo, mas não pertencemos a esse mundo (João 17:16), disse Jesus. Pertencemos ao Criador do universo e é nEle que devemos nos deleitar, é nEle que tem que estar o nosso prazer. Como disse Davi: “Tu me mostras o caminho que leva à vida; A tua presença me enche de alegria e me traz felicidades para sempre” (Salmos 16:11). O que mais Davi ansiava era pela presença de Deus, ele sempre estava conectado com os Céus, não importasse o que estivesse acorrendo aqui na Terra.

Mais do que precisar temos que desejar ser um desconectado do mundo e um conectado em Deus! Não dá para fazer os dois…

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s