Você tem fome de quê?

Plantação de Uva

Você tem fome de quê?

Me diz qual é a tua fome e eu te direi quem você é.

A simples ação de ingerir um alimento é levar algo que é externo ao interior do nosso corpo a fim de suprir as necessidades nutricionais do mesmo. É algo que fazemos quase tão naturalmente quanto o ato de respirar. Sendo que, aquilo que comemos, a depender da qualidade, pode ou nos tornar fortes, preservar nossa vida ou nos adoecer. Mas, esse processo simples depende de uma coisa: a fome. Tê-la é o que faz a diferença na vontade que temos de nos alimentar. Porém, a pergunta é: do que é que estamos tendo fome?

Outro problema é que estamos na era em que as coisas precisam ser práticas e rápidas. É mais fácil fazer um macarrão instantâneo do que feijão, arroz e salada. Realmente, a primeira opção parece mais atrativa, mas a longo prazo o que essa “alimentação” irá acarretar em nosso corpo?

O mesmo está ocorrendo com nossa alma. Jesus disse: “Eu sou o pão da vida” (João 6:35). É esse o pão que está nos alimentando? Ou achamos que precisamos de algo mais prático? Temos fome suficiente desse pão?

Assim como a falta de fome ou a má alimentação pode levar à fraqueza física, o mesmo pode ocorrer com nossa alma, quando falta o Pão do Céu: Jesus.

Tem uma coisa que considero maravilhosa: não precisamos entender como um determinado tipo de alimento é processado em nosso corpo para que a gente se alimente dele. Eu não preciso saber como as vitaminas, lipídios e sais minerais são sintetizados em meu corpo e em minhas células, para que eu me alimente destes. Eu só preciso ter fome e comer o melhor alimento! Esse mesmo princípio vale para as coisas espirituais.

Nenhuma criança olha para o alimento antes de comer e diz à sua mãe: primeiramente me diga a composição dessa comida e como ela irá me nutrir. A criança simplesmente tem fome e confia na sua mãe para alimentá-la.

Tem gente querendo entender primeiramente as coisas de Deus, quer achar explicações racionais para Sua existência e Seus feitos. Enquanto que só é necessário uma coisa: ter fome dEle. E quanto maior a minha fome, maior será minha intimidade com Ele e mais Ele estará pronto para me saciar (“Porque ele sacia o sedento e satisfaz plenamente o faminto” Salmos 107:9).

Portanto, o tamanho da fome que eu tenho de Deus diz a profundidade de minha relação com Ele. E diz também quem eu sou, pois somos o que comemos!

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s